A Bíblia - ON LINE - Colossenses - CL

1-1 - Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, e o irmão Timóteo,

1-2 - aos santos e irmãos fiéis em Cristo que estão em Colossos: graça a vós e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e da do Senhor Jesus Cristo.

1-3 - Graças damos a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, orando sempre por vós,

1-4 - porquanto ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus e da caridade que tendes para com todos os santos;

1-5 - por causa da esperança que vos está reservada nos céus, da qual já, antes, ouvistes pela palavra da verdade do evangelho,

1-6 - que já chegou a vós, como também está em todo o mundo; e já vai frutificando, como também entre vós, desde o dia em que ouvistes e conhecestes a graça de Deus em verdade;

1-7 - como aprendestes de Epafras, nosso amado conservo, que para vós é um fiel ministro de Cristo,

1-8 - o qual nos declarou também a vossa caridade no Espírito.

1-9 - Por esta razão, nós também, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós e de pedir que sejais cheios do conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e inteligência espiritual;

1-10 - para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda boa obra e crescendo no conhecimento de Deus;

1-11 - corroborados em toda a fortaleza, segundo a força da sua glória, em toda a paciência e longanimidade, com gozo,

1-12 - dando graças ao Pai, que nos fez idôneos para participar da herança dos santos na luz.

1-13 - Ele nos tirou da potestade das trevas e nos transportou para o Reino do Filho do seu amor,

1-14 - em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados;

1-15 - o qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;

1-16 - porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades; tudo foi criado por ele e para ele.

1-17 - E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.

1-18 - E ele é a cabeça do corpo da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência,

1-19 - porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse

1-20 - e que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra como as que estão nos céus.

1-21 - A vós também, que noutro tempo éreis estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras más, agora, contudo, vos reconciliou

1-22 - no corpo da sua carne, pela morte, para, perante ele, vos apresentar santos, e irrepreensíveis, e inculpáveis,

1-23 - se, na verdade, permanecerdes fundados e firmes na fé e não vos moverdes da esperança do evangelho que tendes ouvido, o qual foi pregado a toda criatura que há debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, estou feito ministro.

1-24 - Regozijo-me, agora, no que padeço por vós e na minha carne cumpro o resto das aflições de Cristo, pelo seu corpo, que é a igreja;

1-25 - da qual eu estou feito ministro segundo a dispensação de Deus, que me foi concedida para convosco, para cumprir a palavra de Deus:

1-26 - o mistério que esteve oculto desde todos os séculos e em todas as gerações e que, agora, foi manifesto aos seus santos;

1-27 - aos quais Deus quis fazer conhecer quais são as riquezas da glória deste mistério entre os gentios, que é Cristo em vós, esperança da glória;

1-28 - a quem anunciamos, admoestando a todo homem e ensinando a todo homem em toda a sabedoria; para que apresentemos todo homem perfeito em Jesus Cristo;

1-29 - e para isto também trabalho, combatendo segundo a sua eficácia, que opera em mim poderosamente.

2-1 - Porque quero que saibais quão grande combate tenho por vós, e pelos que estão em Laodicéia, e por quantos não viram o meu rosto em carne;

2-2 - para que os seus corações sejam consolados, e estejam unidos em caridade e enriquecidos da plenitude da inteligência, para conhecimento do mistério de Deus—Cristo,

2-3 - em quem estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência.

2-4 - E digo isto para que ninguém vos engane com palavras persuasivas.

2-5 - Porque, ainda que esteja ausente quanto ao corpo, contudo, em espírito, estou convosco, regozijando-me e vendo a vossa ordem e a firmeza da vossa fé em Cristo.

2-6 - Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo, assim também andai nele,

2-7 - arraigados e edificados nele e confirmados na fé, assim como fostes ensinados, crescendo em ação de graças.

2-8 - Tende cuidado para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo e não segundo Cristo;

2-9 - porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade.

2-10 - E estais perfeitos nele, que é a cabeça de todo principado e potestade;

2-11 - no qual também estais circuncidados com a circuncisão não feita por mão no despojo do corpo da carne: a circuncisão de Cristo.

2-12 - Sepultados com ele no batismo, nele também ressuscitastes pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dos mortos.

2-13 - E, quando vós estáveis mortos nos pecados e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas,

2-14 - havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.

2-15 - E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.

2-16 - Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados,

2-17 - que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo.

2-18 - Ninguém vos domine a seu bel-prazer, com pretexto de humildade e culto dos anjos, metendo-se em coisas que não viu; estando debalde inchado na sua carnal compreensão,

2-19 - e não ligado à cabeça, da qual todo o corpo, provido e organizado pelas juntas e ligaduras, vai crescendo em aumento de Deus.

2-20 - Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo,

2-21 - tais como: não toques, não proves, não manuseies?

2-22 - As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens;

2-23 - as quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum, senão para a satisfação da carne.

3-1 - Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.

3-2 - Pensai nas coisas que são de cima e não nas que são da terra;

3-3 - porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.

3-4 - Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então, também vós vos manifestareis com ele em glória.

3-5 - Mortificai, pois, os vossos membros que estão sobre a terra: a prostituição, a impureza, o apetite desordenado, a vil concupiscência e a avareza, que é idolatria;

3-6 - pelas quais coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência;

3-7 - nas quais também, em outro tempo, andastes, quando vivíeis nelas.

3-8 - Mas, agora, despojai-vos também de tudo: da ira, da cólera, da malícia, da maledicência, das palavras torpes da vossa boca.

3-9 - Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos

3-10 - e vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou;

3-11 - onde não há grego nem judeu, circuncisão nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo em todos.

3-12 - Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade,

3-13 - suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos uns aos outros, se algum tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou, assim fazei vós também.

3-14 - E, sobre tudo isto, revesti-vos de caridade, que é o vínculo da perfeição.

3-15 - E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos.

3-16 - A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais; cantando ao Senhor com graça em vosso coração.

3-17 - E, quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.

3-18 - Vós, mulheres, estai sujeitas a vosso próprio marido, como convém no Senhor.

3-19 - Vós, maridos, amai a vossa mulher e não vos irriteis contra ela.

3-20 - Vós, filhos, obedecei em tudo a vossos pais, porque isto é agradável ao Senhor.

3-21 - Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não percam o ânimo.

3-22 - Vós, servos, obedecei em tudo a vosso senhor segundo a carne, não servindo só na aparência, como para agradar aos homens, mas em simplicidade de coração, temendo a Deus.

3-23 - E, tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor e não aos homens,

3-24 - sabendo que recebereis do Senhor o galardão da herança, porque a Cristo, o Senhor, servis.

3-25 - Mas quem fizer agravo receberá o agravo que fizer; pois não há acepção de pessoas.

4-1 - Vós, senhores, fazei o que for de justiça e eqüidade a vossos servos, sabendo que também tendes um Senhor nos céus.

4-2 - Perseverai em oração, velando nela com ação de graças;

4-3 - orando também juntamente por nós, para que Deus nos abra a porta da palavra, a fim de falarmos do mistério de Cristo, pelo qual estou também preso;

4-4 - para que o manifeste, como me convém falar.

4-5 - Andai com sabedoria para com os que estão de fora, remindo o tempo.

4-6 - A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um.

4-7 - Tíquico, irmão amado, e fiel ministro, e conservo no Senhor, vos fará saber o meu estado;

4-8 - o qual vos enviei para o mesmo fim, para que saiba do vosso estado e console o vosso coração,

4-9 - juntamente com Onésimo, amado e fiel irmão, que é dos vossos; eles vos farão saber tudo o que por aqui se passa.

4-10 - Aristarco, que está preso comigo, vos saúda, e Marcos, o sobrinho de Barnabé, acerca do qual já recebestes mandamentos; se ele for ter convosco, recebei-o;

4-11 - e Jesus, chamado Justo, os quais são da circuncisão; são estes unicamente os meus cooperadores no Reino de Deus e para mim têm sido consolação.

4-12 - Saúda-vos Epafras, que é dos vossos, servo de Cristo, combatendo sempre por vós em orações, para que vos conserveis firmes, perfeitos e consumados em toda a vontade de Deus.

4-13 - Pois eu lhe dou testemunho de que tem grande zelo por vós, e pelos que estão em Laodicéia, e pelos que estão em Hierápolis.

4-14 - Saúda-vos Lucas, o médico amado, e Demas.

4-15 - Saudai aos irmãos que estão em Laodicéia, e a Ninfa, e à igreja que está em sua casa.

4-16 - E, quando esta epístola tiver sido lida entre vós, fazei que também o seja na igreja dos laodicenses; e a que veio de Laodicéia, lede-a vós também.

4-17 - E dizei a Arquipo: Atenta para o ministério que recebeste no Senhor, para que o cumpras.

4-18 - Saudação de minha mão, de Paulo. Lembrai-vos das minhas prisões. A graça seja convosco. Amém!