Resumo, em poucas palavras, dos pontos mais importantes da Doutrina Espírita que eles (os espíritos superiores), nos transmitiram:

“Deus é eterno, imutável, imaterial, único, onipotente, soberanamente justo e bom.”

“Criou o Universo, que abrange todos os seres animados, e inanimados, materiais e imateriais.”

Vídeos Sugeridos

Sexo e Destino  (1)

André Luiz

Maristela Santos  (0)

O Dia de Finados. O Espírita Diante dos Funerais?

Simão Pedro  (1)

O Tarefeiro Espírita - Simão Pedro - parte II

Haroldo Dutra Dias  (1)

Cartas de Paulo- I Carta aos Corintios

Rossandro Klinjey  (1)

Amai-vos

Maristela Santos  (1)

Famílias Corporais e as Famílias Espirituais

Haroldo Dutra Dias  (1)

Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho.

Rossandro Klinjey  (1)

Vida a dois: Exista vida após o casamento? (2/2)

Sugestão de Leitura

O Consolador - Emmanuel / Chico Xavier

Este livro, na forma de perguntas e respostas, é dividido em três partes correspondentes ao tríplice aspecto da Doutrina Espírita - Ciência, Filosofia e Religião. Sob essas diretrizes aborda vários temas relacionados com a Biologia, Física, Sociologia, Química, Psicologia e Filosofia.
Enfoca o tríplice aspecto da Doutrina Espírita com vistas a propiciar maior esclarecimento aos que buscam estudá-la. Em forma de perguntas e respostas, reúne tópicos relevantes e atuais sobre Ciência, Filosofia e Religião, tais como: radioatividade, gravitação, genética, determinismo e livre-arbítrio.

Edifício
Na reunião de 31 de Outubro de 1939, no Grupo Espírita “Luís Gonzaga”, de Pedro Leopoldo, um amigo do plano espiritual lembrou aos seus componentes a discussão de temas doutrinários, por meio de perguntas nossas à entidade de Emmanuel, a fim de ampliar-se a esfera dos nossos conhecimentos.
Consultado sobre o assunto, o Espírito Emmanuel estabeleceu um programa de trabalhos a ser executado pelo nosso esforço, que foi iniciado pelas duas questões seguintes:
Apresentando o Espiritismo, na sua feição de Consolador prometido pelo Cristo, três aspectos diferentes: científico, filosófico, religioso, qual desses aspectos é o maior?
“Podemos tomar o Espiritismo, simbolizado desse modo, como um triângulo de forças espirituais. 
“A Ciência e a Filosofia vinculam à Terra essa figura simbólica, porém, a Religião é o ângulo divino que a liga ao Céu. No seu aspecto científico e filosófico, a doutrina será sempre um campo nobre de investigações humanas, como outros movimentos coletivos, de natureza intelectual, que visam ao aperfeiçoamento da Humanidade. No aspecto religioso, todavia, repousa a sua grandeza divina, por constituir a restauração do Evangelho de Jesus-Cristo, estabelecendo a renovação definitiva do homem, para a grandeza do seu imenso futuro espiritual.”
A fim de intensificar os nossos conhecimentos, relativamente ao tríplice aspecto do Espiritismo, poderemos continuar com as nossas indagações?
“Podereis perguntar, sem que possamos nutrir a pretensão de vos responder com as soluções definitivas, embora cooperemos convosco da melhor vontade. 
“Aliás, é pelo amparo recíproco que alcançaremos as expressões mais altas dos valores intelectivos e sentimentais.
“Além do túmulo, o Espírito desencarnado não encontra os milagres da sabedoria, e as novas realidades do plano imortalista transcendem aos quadros do conhecimento contemporâneo, conservando-se numa esfera quase inacessível às cogitações humanas, escapando, pois, às nossas possibilidades de exposição, em face da ausência de comparações analógicas, único meio de impressão na tábua de valores restritos da mente humana. 
Além do mais, ainda nos encontramos num plano evolutivo, sem que possamos trazer ao vosso círculo de aprendizado as últimas equações, nesse ou naquele setor de investigação e de análise. É por essa razão que somente poderemos cooperar convosco sem a presunção da palavra derradeira. Considerada a nossa contribuição nesse conceito indispensável de relatividade, buscaremos concorrer com a nossa modesta parcela de experiência, sem nos determos no exame técnico das questões científicas, ou no objeto das polêmicas da Filosofia e das religiões, sobejamente movimentados nos bastidores da opinião, para considerarmos tão-somente a luz espiritual que se irradia de todas as coisas e o ascendente místico de todas as atividades do espírito humano dentro de sua abençoada escola terrestre, sob a proteção misericordiosa de Deus.”
As questões apresentadas foram as mais diversas e numerosas. Todos os componentes do Grupo, bem como outros amigos espiritistas de diferentes pontos, cooperaram no acervo das perguntas, ora manifestando as suas necessidades de esclarecimento íntimo no estudo do Evangelho, ora interessados em assuntos novos que as respostas de Emmanuel suscitavam.
Em seguida, o autor espiritual selecionou as questões, deu-lhes uma ordem, catalogou-as em cada assunto particularizado, e eis aí o novo livro.
Que as palavras sábias e consoladoras de Emmanuel proporcionem a todos os companheiros de doutrina o mesmo bem espiritual que nos fizeram, são os votos dos modestos trabalhadores do Grupo Espírita “Luís Gonzaga”, de Pedro Leopoldo, Minas Gerais.

Emmanuel
(Pedro Leopoldo, 8 de março de 1940)